Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010

«E a pergunta é só esta: será que este governo retirou o TGV ao consórcio espanhol (que apresentou a proposta mais competitiva) para o entregar ao "amigo" Jorge Coelho (Mota-Engil)? O país inteiro, Cavaco Silva incluído, deve estar atento e dar sinais claros em relação ao seguinte: se isso acontecer, o país e o regime não podem ficar parados. Nós não podemos aceitar esta promiscuidade "socrática" entre política e negócios. Uma promiscuidade que já nem sequer procura disfarce. Está 'out in the open'. Ou será que 15 anos de promiscuidade de estilo "socrático" já nos retirou toda e qualquer vergonha?» Henrique Matoso in Expresso Online 20 de Setembro '10

 

Nota pessoal: Para que são as aspas em "amigo"?

 

[ Via Clube das Repúblicas Mortas]



publicado por Marco Moreira às 10:18
 
Pesquisar neste blog
 
Ligações