Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

Richard Zimler numa conversa intimista em forma de entrevista dada à jornalista do DN, Carla Amaro, falou do seu novo livro e um pouco mais da sua vida pessoal. Pessoalmente achei-a muito interessante na sua grande maioria. Principalmente o discurso descerrado com que nos fala da sua vida sentimental ajuda e muito na criação de pontes entre a sociedade tradicional e a comunidade homosexual.

 

Infelizmente não deixa de ser incompreensível a parte final da mesma. A forma como apelida Gaza de gueto, cria um paralelismo ao nível dos revisionistas do holocausto. É perigoso e ele sabe-o bem, melhor que a esmagadora maioria. A experiência que tem de escrever sobre “guetos” deveria garantir-lhe bom-senso… não o teve!

 

Depois apelida também George W. Bush de “analfabeto”. O mesmo quer dizer que a Universidade de Yale, onde W. se formou com Bacharel em Artes não deverá ser uma universidade séria, visto aceitar analfabetos.

 

No que diz respeito à Universidade de Harvard a coisa parece mudar de figura. A Faculdade de Direito da mesma, deve ser boa, pois foi aí que Barack Obama se formou. Zimler confessa gostar de “Obama como pessoa” achando-o muito inteligente e apreciando a sua maneira eficiente de falar (ainda que lendo a partir do video-screen”, digo eu). Já a Harvard Business School, pertencente à mesma Universidade e onde W. fez o seu MBA presumo deixar muito a desejar.

 

Um pouco incoerente, não?



publicado por Marco Moreira às 10:43
 
Pesquisar neste blog
 
Redes
RSS Facebook Twitter Flickr Videos Sapo
Ligações
este blog utiliza pontos de exclamação!

!!!

 Ilustração de Pedro Vieira

prémio 'best non-english jewish blog' em 2007

Judaica fm

 

blog Judaica fm